Moda

Cursando Design de Moda: minha experiência

fashionary

Sempre sonhei em ir para a universidade e cursar Moda, Jornalismo e História, nessa mesma ordem. Quando chegou a hora de prestar vestibular até fiquei em dúvida se ia começar pelo primeiro da lista mesmo ou se tentava um dos outros dois, mas o amor pela moda falou mais alto e aqui estou hahaha.

Eu queria ter a experiência de sair da casa dos meus pais para estudar, então fiz a prova para uma universidade em outro estado no final do terceirão, mas acabei não passando então quando abriram as inscrições do Sisu minha mãe sugeriu que eu me inscrevesse (na verdade me obrigou hahaha). Passei e em maio de 2013 comecei o curso Tecnologia em Design de Moda, na UTFPR de Apucarana.

Como só tenho experiência com a UTFPR vou falar sobre como é o curso por aqui. Ele tem nota 5 na avaliação do MEC e duração de seis períodos, 3 anos. Uma das primeiras dúvidas que costumam surgir é sobre o título de tecnólogo e não de bacharel. Não, não é um curso técnico, explicando por cima: um curso tecnológico é mais específico e voltado à prática, já o bacharel possui mais teoria e estuda um pouco de cada assunto referente a área escolhida. Como já tinha certeza do que queria não vi problemas em optar pelo tecnólogo, realmente a parte prática é algo bem forte no curso e grande maioria das notas vêm de trabalhos (que são mesmo muito trabalhosos!), tenho pouquíssimas avaliações escritas, ao menos por enquanto!

Durante o primeiro período poucas matérias são realmente focadas em moda, a maioria são aquelas chatinhas -mas indispensáveis- que quase todo curso tem, como Comunicação Linguística, Matemática, Informática e Metodologia Científica, nesse primeiro momento a única matéria realmente prática que tive foi Modelagem Tridimensional. A partir do segundo período é que a coisa começa a ficar legal (apesar de ter estatística)começamos a conhecer mais sobre tecidos e temos as primeiras noções sobre costura, modelagem plana e desenho, e também realizamos nosso primeiro desfile!

No terceiro e no quarto período é onde vamos nos aprofundando e aperfeiçoando os conhecimentos adquiridos nos primeiros semestres, entram algumas matérias novas como História da Moda, Semiótica e Modelagem de Bonés (pode parecer estranho ter uma aula de modelagem tão específica, mas como aqui é a capital do boné não poderia ser diferente haha). Durante o quarto período a maioria das matérias giram em torno do projeto que resulta no segundo desfile, é como uma prévia do trabalho de conclusão de curso, o famoso tcc.

O último ano, que é o que vou iniciar em fevereiro, é o que mais tem matérias teóricas (de acordo com o que vi na minha grade e o que as amigas contam, depois conto como realmente é haha), e é nessa fase que desenvolvemos o tcc.

Não me arrependo ter escolhido estudar aqui, mesmo tendo dificuldades de adaptação com o lugar (apucaranenses que me desculpem mas a cidade não me conquistou rs). A única coisa que sinto falta no curso são aulas de fotografia, espero que futuramente insiram essa matéria na grade.

Bom, o post ficou bem mais extenso do que eu esperava e se fosse entrar em detalhes sobre as matérias e os trabalhos teria muuito mais coisa pra contar. Outra hora falo um pouco mais sobre as atividades que já fiz/estou fazendo por aqui. Espero que tenham gostado!

*Ps: As inscrições do Sisu começaram ontem e vão até dia 22/01, pra quem quiser ser meu calouro fica a dica hahaha

 

Imagem: Pinterest

 

Beijos, Thais.

Anúncios

2 comentários em “Cursando Design de Moda: minha experiência

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s